Arquivo da tag: Detox

Enema de Café: tudo o que você precisa saber sobre o tratamento

Por: https://www.saudecomozonio.com.br

buscam a técnica apenas para fins de emagrecimento, no entanto, mais do que a perda de medidas, o detox tem um poderoso efeito de melhorar o funcionamento do organismo.

enema de café é realizado a partir da introdução de uma solução de café no intestino através de uma sonda retal. Essa solução auxilia na desintoxicação, na limpeza de matérias fecais e até problemas de constipação.

O que é Enema de Café

Enema é um procedimento de desintoxicação através da introdução de uma solução de água e café (sempre orgânico e qualidade) no organismo por via retal. Esse procedimento é uma ótima alternativa para combater os malefícios que causam o mau funcionamento do corpo.

É bem sabido que os grãos de café naturalmente contêm antioxidantes e compostos benéficos incluindo palmitato de cafestol, kahweol teobromina, teofilina, além da cafeína, que têm efeitos positivos sobre os níveis de inflamação, inclusive dentro do sistema digestivo.

Palmitato é a combinação do ácido palmítico ou ácido hexadecanóico, com uma base. é um dos elementos que compõem o “napalm”. O palmitato tem propriedades repelentes à água e é um eficiente lubrificante e emoliente.

Os palmitatos presentes no café estimulam e aumentam a produção de uma enzima hepático chamada glutationa-S-transferase (GST), que remove os radicais livres e eventuais células tumorais da circulação sanguínea, bem como facilita a detoxificação do fígado.

Quais os benefícios do Enema de Café?

Enema de Café é conhecido por ajudar a eliminar as bactérias, metais pesados, fungos e leveduras (os responsáveis pelos sintomas da candida, por exemplo) do trato digestivo, incluindo o fígado e o cólon, ao mesmo tempo que reduzem a inflamação, auxiliando a restaurar a função intestinal, a aumentar os níveis de energia e auxiliar o tratamento de distúrbios que causam problemas por anos.

O procedimento alcança o intestino, o que gera uma dilatação das vias bilares, tornando mais fácil para o organismo eliminar toxinas armazenadas no fígado, além de fazer uma espécie de diálise do sangue através das paredes do cólon. Seus benefícios envolvem:

  • Ajuda a eliminar cândida de parasitas;
  • Reparação do tecido digestivo;
  • Limpeza do fígado;
  • Melhora da circulação sanguínea;
  • Aumento da imunidade;
  • Auxílio na regeneração celular;
  • Melhora da saúde intestinal;
  • Alívio de problemas digestivos, como constipação frequente, inchaço, cólicas e náuseas;
  • Melhora os níveis baixos de energia e estados de espírito (como sinais de depressão).

Enema de Café deve sempre ser realizado somente sob orientação médica. O procedimento é indicado para ajudar no funcionamento intestinal e em casos de constipação ocasionados por tratamento contra o câncer e pacientes em semana de detox alimentar.

Confira o vídeo abaixo explicando como funciona o procedimento.

Selênio: essencial ao bom funcionamento da tireóide

Por: https://www.belezasaudeecorpo.com/

selênio é um mineral que possui uma série de benefícios para o corpo humano. Ele aumenta a resistência do sistema imunológico (fazendo com que o corpo consiga combater as doenças com mais eficiência).

Ele também diminui a probabilidade de ocorrência de doenças cardiovasculares pela sua ação benéfica para o coração.

Outra ação positiva do selênio é a desintoxicação, principalmente no que se refere aos metais pesados.

O sistema reprodutor masculino também é beneficiado pela ação do selênio, pois ele melhora a fertilidade do homem.

Um exemplo de alimento rico em selênio é a castanha-do-pará, que contém até 4000 microgramas de selênio por unidade.

Falando de maneira geral, o selênio colabora na prevenção do câncer, pois seu poder antioxidante tem efeito rápido.

Outros exemplos de alimentos ricos em selênio: farinha de trigo, pão francês, gema de ovo, frango cozido, clara de ovo, arroz, queijo, entre outros.

Para quem procura emagrecer, o selênio ajuda bastante, pois ele atua por meio da glândula tireoide, o que influencia na produção de hormônios. A ingestão controlada e moderada de selênio permite que a tireoide regule o metabolismo do corpo, fazendo o organismo queimar mais gordura em vez de reter. O ganho de massa muscular é outro benefício direto da substância.

Alguns suplementos alimentares que possuem selênio são: super slim x e o turbo slim.

 

importância da desintoxicação na prevenção e tratamento de doenças

Por: Dr. Juliano Pimentel

Desintoxicação

A desintoxicação visa ajudar o corpo a se livrar de toxinas. Claro, o corpo humano possui muitas vias naturais de desintoxicação através do fígado, urina, suor e fezes.

Embora seja um processo complexo, o fígado neutraliza substâncias tóxicas e depois as libera do corpo.

Isso ajuda na recuperação e manutenção dos órgãos do corpo, apoia a função do fígado, e proporciona um “impulso” de micronutrientes importantes.

As dietas de desintoxicação vêm em muitas formas, embora a maioria envolva algum tipo de jejum e são seguidas por um período de reeducação alimentar.

Alguns incluem smoothies, suplementos, ervas, sucos e chás.

Ela ajuda você a cortar alimentos processados ​​e inflamatórios, açúcar refinado, álcool e alguns outros alimentos e bebidas que fazem parte da dieta padrão, isso é incrivelmente eficaz para a desintoxicação.

Os médicos Naturopathic (NDs) nos Estados Unidos, usam regularmente dietas à base de alimentos e dietas de desintoxicação para tratar e apoiar uma variedade de condições médicas. (3)

A desintoxicação pode reverter os sintomas de determinadas doenças e a transformar a sua vida.

O fígado, intestino delgado, rins e cólon são os principais órgãos envolvidos no sistema de desintoxicação do corpo.

O Que Faz A Desintoxicação

Veja alguns benefícios que você receberá, ao desintoxicar o organismo.

  1. Elimina Toxinas

Muitos especialistas em saúde concordam que a carga tóxica (a quantidade de toxinas que o corpo é capaz de lidar) é responsável por uma quantidade considerável de doenças. E, quando você desintoxica o seu organismo, você o livra dessas toxinas.

Comprar produtos orgânicos (frutas e vegetais), juntamente com carne orgânica alimentada com capim e peixe selvagem, diminui seriamente a quantidade de toxinas que você toma no dia-a-dia.

  1. Aumenta A Energia Ao Longo Do Dia

Ela pode aumentar a disposição e energia durante o dia.

  1. Reeducação Alimentar

O objetivo número um da desintoxicação é a reeducação alimentar. Pode incentivar você a melhorar as escolhas alimentares.

Ela ajuda a cortar alimentos tóxicos, e optar por alimentos mais saudáveis a longo prazo.

  1. Ajuda a Controlar A Compulsão

É um mito que a compulsão é controlável ​​apenas com o poder da vontade.

A verdade é que a compulsão alimentar é baseada em desequilíbrios hormonais, e precisam ser abordados e controlados como tal.

Os desejos influenciam significativamente a compulsão alimentar e o ganho de peso, e um plano de desintoxicação inteligente pode ajudar a minimizar ou a eliminar essa compulsão. (6)

  1. Evita O Vício Alimentar

Os alimentos industrializados e processados riam uma onda de dopamina, que é liberada no cérebro (da mesma forma que a cocaína, por exemplo).

Para os indivíduos com um alto nível de receptores de dopamina, podem se tornar viciados em comida, assim como eles ficariam viciados em drogas.

A desintoxicação que se concentra na eliminação de alimentos, e produtos químicos aditivos pode ajudar a evitar o vício alimentar.

Caso sinta dificuldades com a compulsão alimentar ou outros distúrbios alimentares/emocionais, busque ajuda médica.

  1. Micronutrientes Necessários

deficiência de micronutrientes é uma das principais causas de doença e até mortalidade.

O Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) aponta alguns dos links mais comuns; como a deficiência de ferro e anemia, deficiência de iodo e condições da tireoide, deficiência de vitamina A, doença ocular degenerativa, deficiência de zinco, doenças respiratórias e outras condições imunes.

Ao se submeter a uma dieta centrada em alimentos e bebidas densas em nutrientes, você estará garantindo que seu corpo obtenha as vitaminas, minerais, fitonutrientes e antioxidantes necessários para uma saúde ideal.

Além disso, muitos micronutrientes são absolutamente necessários para que as vias de desintoxicação dos corpos funcionem corretamente.

  1. Gerencia O Estresse

Um estudo publicado em Endocrinologia Clínica, encontrou uma ligação entre níveis elevados de cortisol e doença hepática gordurosa.

cortisol é nosso principal hormônio do estresse liberado em tempos de estresse agudo e crônico, e quando os níveis são superiores ao normal durante um longo período de tempo; isso pode causar uma série de problemas, incluindo a diminuição da função hepática.

Com a desintoxicação do organismo, você ajudará a regular os níveis de cortisol para gerenciar o estresse.

O aumento da energia, a diminuição da compulsão e os baixos níveis de estresse, são alguns dos motivos para começar uma dieta de desintoxicação.

Metais Pesados

Sintomas 

Níveis elevados de exposição a 23 metais ambientais considerados “metais pesados”, como chumbo, mercúrio, alumínio e arsênico, podem causar toxicidade aguda ou crônica.

Resultando em danos na função mental e nervosa, prejudicando também os órgãos vitais.

A exposição a longo prazo pode levar a processos degenerativos físicos, musculares e neurológicos.

Alguns dos sinais de aviso mais comuns, que você está lutando com a toxicidade de metais pesados ​​incluem:

– Fadiga crônica;

– Doença autoimune;

– Problemas neurológicos;

– Dificuldade para se concentrar;

– Depressão, bipolaridade e ansiedade;

– Demência;

– Insônia;

– Gosto metálico na boca;

– Vômito;

– Dificuldade ao respirar;

– Tosse excessiva;

– Gengivas inchadas e com sangramento.

Danos pulmonares permanentes e morte, podem ocorrer dependendo da quantidade de mercúrio que tenha sido inalado. Danos cerebrais a longo prazo também são possíveis.

Como Limitar A Ingestão 

Se você deseja limpar os metais pesados ​​e outros produtos químicos do corpo, é importante seguir uma dieta de desintoxicação e outras medidas para livrar seu corpo de toxinas.

1- Reduzir Exposição

Se você sabe que tem níveis elevados de metais no organismo, você precisa limitar a sua exposição.

Parar de comer peixes e outros alimentos com níveis elevados de metais e optar por outras opções de proteína livre de metais pesados; faça isso com orientação médica.

Quando se trata de mercúrio encontrado no peixe, por exemplo, é aconselhável que as mulheres que desejam engravidar, grávidas, as mães que amamentam e as crianças a não comerem peixes com alto teor de mercúrio e a comer quantidades limitadas de peixes e crustáceos..

2-Terapia Quelante

terapia de quelação é outra opção quando se trata de desintoxicação de metais pesados.

O tratamento com quelatação com ácido etilenodiaminotetracético (EDTA) foi desenvolvido e utilizado na década de 1950 para o tratamento de envenenamento por metais pesados, para eliminar os metais pesados ​​comuns, incluindo chumbo, mercúrio, cobre, ferro, arsênio, alumínio e cálcio.

A terapia envolve uma solução química chamada EDTA, que é administrada no corpo – normalmente injetado diretamente na corrente sanguínea; para que possa se ligar com excesso de minerais.

Uma vez ligado a toxinas no corpo, EDTA ajuda na desintoxicação (4).

3- Dieta Detox

– Alimentos ricos em vitamina C: Frutas e vegetais ricos em vitamina C podem reduzir os danos causados ​​pela toxicidade de metais pesados, agindo como um antioxidante.

– Coentro e outros vegetais verdes: Coentro e vegetais de folhas verdes como couve, espinafre e salsa são desintoxicantes e podem ajudar a reduzir o acúmulo de metais pesados ​​no corpo.

– Alho e cebola: Estes vegetais contêm enxofre, que ajuda o fígado a desintoxicar-se de metais pesados ​​como chumbo e arsênio.

– Água: Beba no mínimo 2 litros de água por dia para ajudar a liberar as toxinas.

Alimentos Tóxicos 

– Alimentos alérgicos:  Se o seu corpo está lutando contra alérgenos comuns, não será capaz de se desintoxicar dos metais pesados (6).

– Alimentos processados (não-orgânicos): Estes alimentos aumentam a exposição a produtos químicos que pioram os sintomas.

– Alimentos com aditivos: Aditivos são produtos químicos que podem agravar os sintomas de toxicidade e diminuir a capacidade do seu corpo para desintoxicar.

– Álcool: É tóxico para o corpo e pode fazer com que o seu fígado tenha dificuldade para processar outras toxinas.

Organismo Em Movimento

A evacuação regular é essencial para desintoxicação de metais pesados. Isso é importante para você não reabsorver o mercúrio que seu corpo está tentando se livrar.

Ao fazer dieta rica em fibras, beber bastante água e exercitar-se regularmente, você pode evitar a constipação e manter um dos seus melhores processos naturais de desintoxicação ativo.

Embora não haja nenhuma maneira de evitar totalmente os metais pesados na alimentação, tomar alguns cuidados podem reduzir naturalmente a sua ingestão.

Também é importante não se medicar ou fazer mudanças na alimentação sem orientação médica.

E lembre-se, uma desintoxicação verdadeiramente bem-sucedida, é a prova de que que você está entrando em um caminho de mudanças positivas na sua vida!

 

Aprenda aqui como eliminar os agrotóxicos dos alimentos em sua própria casa

Por: http://www.telomero.com.br

Todos sabemos dos perigos que é consumir alimentos contaminados com agrotóxicos, cada vez mais são utilizados pesticidas e defensivos agrícolas nas lavouras com a finalidade de eliminar pragas.

Portanto, para aqueles não tem acesso a feiras orgânicas na cidade, através de uma dica simples e muito barata será possível eliminar os agrotóxicos dos legumes, verduras e frutas não orgânicos.

Para fazermos isso, utilizaremos tintura de iodo a 2%, facilmente encontrado em qualquer farmácia, seu valor é muito barato. Como se sabe, o iodo tem a propriedade de quelar, eliminar toxinas. O método funciona da seguinte forma:

Em algum recipiente, seja um balde, bacia ou outro, iremos colocar a tintura de iodo na água na seguinte proporção, 5 ml de tintura de iodo a 2% para cada litro de água, ou seja se utilizarmos 1 litro de água, colocaremos 5 ml de tintura de iodo, 2 litros de água, colocaremos 10 ml de tintura de iodo, e assim por diante. Em seguida colocaremos todos os alimentos que desejamos eliminar os agrotóxicos nessa água e tamparemos o recipiente, é muito importante tampar e deixá-los no escuro, pode utilizar uma coberta, uma caixa de papelão, etc, o importante é manter protegido da luz, pois a luz e o ar oxida o iodo e este não terá efeito algum na eliminação dos agrotóxicos.

Após imergir os alimentos na solução, e tampá-los, deixe-os por 1 hora. Após 1 hora, retire os alimentos, lave-los e descarte a água. Todo o agrotóxico agora está na água, e isso foi constatado através de análises químicas da água.

Um procedimento simples e barato, que ajudará você a eliminar os agrotóxicos dos alimentos não orgânicos.

Observação: O iodo presente na tintura de iodo é iodo inorgânico, portanto inofensivo a saúde. O iodo que é tóxico e causa danos na tireoide é o iodo orgânico, presente por exemplo em radiografias contrastadas, num medicamento chamado amiodarona, que é um antiarrítmico potente e que utiliza iodo orgânico. Abordaremos profundamente o assunto iodo na prevenção e tratamento de doenças como hipotireoidismo, câncer, entre outros.

Iodo Inorgânico é inofensivo.

Muitos comerciantes de produtos orgânicos têm literalmente se aproveitado de toda essa situação, e consequentemente usando de má fé para lucrar abusivamente, não agravando a todos, mas uns querendo lucrar mais que o necessário, cobrar 2, 3, as vezes até 4 vezes mais caro que um produto não orgânico. Fique atento.

Chlorella: Use Este Superalimento para Ajudar a Remover em Algumas Semanas o Mercúrio dos Seus Tecidos

Por Dr. Mercola

Os pesticidas cobrem grande parte do nosso abastecimento de alimentos frescos, subprodutos químicos de fabricação são descartados rotineiramente no nosso ar e água, e os preenchimentos de amálgama de mercúrio nos dentes podem estar liberando mercúrio no seu corpo a cada mordida que dá na comida!

Os frutos do mar nos nossos oceanos estão carregados de metais pesados e mercúrio e passam esses venenos na cadeia alimentar até que doses potencialmente massivas de ambos acabem na sua mesa disfarçadas como uma refeição saudável.

Os suprimentos subterrâneos de água foram contaminados por produtos químicos e pesticidas provenientes de fazendas, fábricas e indústrias de alta tecnologia.

Na verdade, níveis aceitáveis de muitos venenos podem entrar na sua casa através da sua água de beber e de banho, incluindo flúor, cloro e baixos níveis de muitos metais pesados.

Você pode procurar proteger-se e combater esse risco comendo alimentos que estão livres de pesticidas e produtos químicos, mas você simplesmente não pode remover completamente todas as fontes de toxinas do seu ambiente.

O dano ao nosso mundo é muito disseminado e generalizado. Você precisa tomar medidas para proteger a si mesmo e a sua família desse mundo tóxico, e uma das melhores fontes naturais para mover esses materiais tóxicos para fora do seu corpo é uma alga verde baseada em alimentos integrais chamada chlorella.

Como Você Pode Combater a Poluição Sistêmica?

Para tratar dos produtos químicos nocivos e indesejados que o seu corpo absorve dos alimentos que você come, do ar que você respira e da água que você bebe, é importante desenvolver um plano pró-ativo. Uma das partes mais poderosas deste plano é a desintoxicação das toxinas que você já tenha acumulado dentro do seu corpo.

Seu corpo é naturalmente capaz de remover muitos dos patógenos prejudiciais, produtos químicos e venenos com os quais você pode entrar em contato no meio ambiente.

Mas no século 21, estamos vendo uma explosão de doenças relacionadas a toxinas acumuladas como câncer, disfunção autoimune, distúrbios cerebrais como o autismo, doença de Alzheimer e Parkinson, distúrbios nervosos e doenças mais comuns como depressão, dificuldades de aprendizagem e fadiga. Pode tornar-se relativamente fácil sobrecarregar a capacidade do seu corpo de remover muitas dessas toxinas. Os sintomas de acumulação tóxica devido à exposição crônica de metal incluem:

  • Fadiga
  • Distúrbio digestivo e capacidade reduzida para assimilar e utilizar adequadamente as gorduras
  • Articulações doloridas
  • Depressão
  • Regulação comprometida do açúcar no sangue
  • Problemas reprodutivos femininos

Sauna de Infravermelho

Há de dez a 100 vezes mais toxinas na sua gordura do que no seu sangue, então uma das melhores maneiras de remover as toxinas é diminuir a gordura corporal. Essa é realmente a sua primeira defesa. Escolher os alimentos e exercícios certos é fundamental aqui. Depois disso, uma das estratégias de desintoxicação mais eficazes que conheço é o uso de uma sauna de infravermelho.

Isso pode ser feito por aproximadamente uma hora por dia por um mês. Lembre-se, é importante hidratar-se bem antes e durante o tratamento da sauna para evitar a desidratação. Além disso, você pode se exercitar durante 30 a 60 minutos imediatamente antes para ajudar a liberar algumas das toxinas da sua gordura.

Alguns médicos também descobriram que o uso de niacina de liberação NÃO programada é útil, pois ajuda a liberar as toxinas da gordura. Contudo, são necessárias doses relativamente elevadas de 5.000 mg. Essas altas doses precisam ser administradas pouco a pouco, pois a niacina irá causar enrubescimento.

No entanto, cerca de um quarto das pessoas simplesmente não consegue tolerar o enrubescimento da niacina. Por favor, evite a liberação programada de niacina, pois ela pode potencialmente levar à hepatite química.

A Chlorella Como Uma Poderosa Ferramenta de Desintoxicação

Um dos recursos nutricionais mais interessantes disponíveis atualmente para ajudar seu corpo a lutar naturalmente contra a poluição ambiental é um suplemento à base de alimento integral, chamado chlorella. A chlorella é na verdade um dos suplementos mais utilizados no Japão, onde mais de 10 milhões de pessoas a usam regularmente. O uso japonês de chlorella é mais difundido do que o uso norte-americano da vitamina C, nosso suplemento mais popular.

Uma das razões pelas quais os japoneses valorizam tanto a chlorella é sua capacidade natural de desintoxicação. A chlorella é um “alimento verde”, uma microalga unicelular com cerca de dois a dez mícrons de tamanho. É seu pequeno tamanho combinado com suas propriedades únicas que a tornam uma ferramenta de desintoxicação tão útil. Sua estrutura molecular lhe permite ligar-se a metais, produtos químicos e alguns pesticidas.

Quando a chlorella é levada para dentro do seu corpo, sua ação natural irá ligá-la aos metais pesados, produtos químicos e pesticidas que possam ter permanecido no seu trato digestivo, que é um dos caminhos do seu corpo que levam a sua corrente sanguínea onde essas toxinas nocivas são levadas e depositadas nas células do seu corpo.

A chlorella é projetada exclusivamente para não se ligar aos minerais dos quais seu corpo naturalmente precisa para funcionar de forma otimizada. Não se liga a minerais benéficos como cálcio, magnésio ou zinco. É quase como se a chlorella soubesse quais metais pertencem ao seu corpo e quais produtos químicos precisam ser removidos.

Fazer a suplementação com chlorella é como desencadear um pequeno exército dentro do seu corpo para travar a batalha necessária para remover as toxinas de seus tecidos e levá-las para fora do seu corpo, que é o lugar delas.

A História da Chlorella

A chlorella é um dos suplementos alimentares mais amplamente estudados no mundo. Além de ser objeto de pesquisa médica nos EUA, na URSS, na Alemanha, no Japão, na França, na Inglaterra e em Israel, a chlorella tem sido amplamente estudada como fonte de alimento, uma vez que é composta por impressionantes 50 por cento de proteína e é considerada como um alimento baseado em aminoácidos completo.

Mesmo a NASA estudou usar a chlorella como um dos primeiros alimentos integrais no espaço na estação espacial internacional!

Estudos no Japão mostraram que a chlorella pode ajudar a reduzir a porcentagem de gordura corporal e pode ser útil na luta contra a obesidade e diabetes relacionada ao peso. Ela também pode ajudar a reduzir tanto o colesterol quanto a hipertensão. A ação de limpeza da chlorella no seu intestino e outros canais de eliminação, bem como a proteção que ela dá ao seu fígado, também ajuda a promover um sangue limpo. E um sangue limpo ajuda a garantir que os resíduos metabólicos sejam eficientemente afastados de seus tecidos.

A chlorella é um desintoxicante tão poderoso porque é rica em clorofila, que é conhecida por:

  • Ajudá-lo a processar mais oxigênio
  • Limpar os principais sistemas de eliminação como o intestino, o fígado e o sangue
  • Ajudá-lo a purificar seu sangue e limpar as toxinas
  • Ajudá-lo a promover uma pressão arterial otimizada
  • Ajudar a eliminação de mofo no seu corpo
  • Ajudá-lo a neutralizar o ar ruim que você possa respirar
  • Promover o crescimento e reparação de seus tecidos

A chlorella é realmente muito útil e vai além da desintoxicação, e seu conjunto de benefícios para a saúde incluem:

  • Melhora do seu sistema imunológico
  • Melhora da sua digestão, especialmente se a constipação for um problema para você
  • Fornece vitaminas B a partir de uma fonte animal
  • Melhora a sua capacidade de se focar e concentrar-se
  • Aumenta seus níveis de energia
  • Equilibra o pH do seu corpo
  • Normaliza o açúcar no sangue e a pressão sanguínea
  • Reduz seu risco de câncer
  • Refresca seu halito

Nem toda Chlorella é Criada da Mesma Forma

Ao contrário de muitos suplementos alimentares, a chlorella tem uma característica única que torna o seu processo de fabricação uma das principais preocupações quando se considera a fonte de suplementação. A chlorella é completamente indigerível para seres humanos. Nós simplesmente não temos as enzimas necessárias para quebrar sua parede celular.

Ao contrário de outros alimentos verdes, mascar e digerir a chlorella não liberará os poderosos benefícios para a saúde contidos nesta alga verde. Isso ocorre porque a parede celular externa resistente da chlorella, que também é quimicamente responsável pela ligação com as toxinas dentro de seu corpo, não pode ser decomposta por sua biologia.

Portanto, é imperativo que o processo de fabricação quebre por você a resistente parede celular externa, pois esta é a única maneira de fazer a chlorella se tornar biologicamente disponível para remover toxinas do seu corpo.

É por isso que eu apenas recomendo fazer a suplementação com chlorella com a Parede Celular Quebrada, porque esta é a única forma que permite a seu corpo usar esse poderoso agente de desintoxicação. Outra preocupação ao escolher sua chlorella é ter a certeza de que as fontes de água onde ela foi cultivada e colhida estão livres de qualquer contaminação.

Você deve sempre iniciar qualquer desintoxicação com chlorella gradualmente, tomando apenas uma pequena quantidade primeiro para ver como seu corpo tolera essa poderosa ferramenta de desintoxicação.

Algumas pessoas também relatam os benefícios de começar seu processo de desintoxicação ao primeiramente comer pequenas quantidades de coentro por alguns dias. O coentro também melhora a resposta de desintoxicação do seu corpo em um nível menos intenso – o que pode ajudar seu corpo a transitar para uma resposta de desintoxicação mais suave ao começar a usar chlorella.

Ferro em Excesso?

Outra coisa a se ter em conta quando se usa chlorella é que esta alga verde contém grandes concentrações de ferro. Os níveis de ferro nas mulheres não devem ser um problema por conta da perda de ferro relacionada ao ciclo menstrual, mas para homens ou mulheres pós-menopáusicas o excesso de ferro pode se tornar um problema.

Então, os homens que usam chlorella devem fazer com que seus níveis de ferro no sangue sejam verificados regularmente para garantir que o ferro em seu sangue permaneça dentro dos níveis saudáveis. O melhor exame é a ferritina. Idealmente, deve estar entre 20 e 80 ng / ml. Níveis superiores a 150 ou mais se tornam problemáticos e devem ser tratados com doações de sangue ou flebotomias terapêuticas.

Chlorella para Vegetarianos e Veganos

A chlorella também é uma ótima fonte de proteína completa de aminoácidos e é constituída por 50 por cento de proteína. Portanto, os veganos e os vegetarianos podem se beneficiar não só das propriedades de desintoxicação da chlorella, mas também podem aumentar a sua ingestão de vitamina B e proteínas através da suplementação de chlorella.

Muitos afirmam que ela também pode ser uma fonte útil de vitamina B12. Embora a chlorella contenha essa vitamina, a maioria das pessoas desenvolve deficiências porque eles perdem a capacidade de absorvê-la. Então, engoli-la não proporcionará o mesmo benefício que injetá-la ou usá-la em uma gota ou spray sublingual.

Até onde sei, a chlorella não é uma alternativa eficaz para fontes de origem animal de vitamina B12 que podem ser um problema para os veganos.

Considerações Finais Sobre a Chlorella

Às vezes, viver no mundo moderno pode fazer você se sentir como se estivesse em guerra com o ambiente ao seu redor, e as fontes de poluição geralmente são silenciosas e inevitáveis. Você pode fazer o seu melhor para evitar a poluição e as toxinas, comer apenas os alimentos orgânicos mais saudáveis, beber apenas água filtrada, evitar a exposição a produtos químicos artificiais agressivos, e ainda assim se ver exposto diariamente a enormes quantidades de poluentes nocivos que estão totalmente fora de seu controle.

Ao implementar um programa de desintoxicação agora você pode ajudar seu corpo a remover naturalmente os metais pesados indesejados e nocivos, produtos químicos e pesticidas que você inconscientemente carrega no seu corpo. E diminuir a sua carga tóxica tem demonstrado melhorar muitas doenças comuns da saúde, da falta de energia e insônia, até a digestão lenta, falta de resposta imune e fadiga mental.

Na verdade, quase tudo dentro do seu corpo, incluindo todos os seus órgãos, funciona melhor com cargas reduzidas de toxinas sistêmicas.

E, ao remover as toxinas agora e não deixá-las se acumularem a níveis perigosos, você pode estar ajudando seu corpo a evitar doenças fatais como o câncer, diabetes e hipertensão, juntamente com todos os distúrbios neurológicos agora muito comuns que podem não se manifestar por décadas.

Lembre-se de começar devagar, talvez usando o coentro primeiro e, gradualmente, aumente a sua ingestão de chlorella a um ritmo que o seu corpo possa tolerar.