Canela-de-velho: Os benefícios dessa erva

Por: Dicas de Mulher

A canela-de-velho (Miconia albicans) é uma planta medicinal bastante comum no nordeste brasileiro e também é conhecida como quaresmeira-da-flor-branca. Seus benefícios vêm sendo estudados há algum tempo e, para algumas pessoas, ela é considerada um verdadeiro milagre para o combate de artrose, artrite, dores na coluna e nas articulações.

5 benefícios da canela-de-velho

 

FOTO: REPRODUÇÃO / MERCADO LIVRE

1. Melhora as dores da artrose e da osteoartrite

A artrose nada mais é, de forma bastante simplista, o envelhecimento das articulações. Já a osteoartrite é a inflamação dessas articulações. Essas doenças promovem o desgaste das articulações, fazendo com o que os ossos entrem em atrito. A canela-de-velho atua regenerando essas cartilagens que revestem os ossos, diminuindo o impacto e, assim, amenizando as dores. A planta também tem ação anti-nociceptiva, ou seja, reduz a percepção e transmissão de estímulos que causam a dor.

2. Combate os radicais livres

Os radicais livres são todos os componentes que precisam ser descartados do nosso organismo, como por exemplo os resultantes do estresse e da má alimentação. A canela-de-velho age como um detox no sangue e também em outros órgãos. Por conta dessa ação, muitas pessoas relatam inclusive um aumento na libido.

3. Ajuda no controle do diabetes

A canela-de-velho também é bastante benéfica para os diabéticos ou pessoas que têm tendência em desenvolver a doença. Vale lembrar que qualquer alimento que contenha carboidrato pode aumentar a taxa de açúcar no sangue, esses alimentos não precisam necessariamente ser doces. A erva ajuda a controlar os níveis de glicose no sangue, combatendo consequentemente doenças cardíacas e renais.

4. Auxilia a digestão

A planta possui inúmeros nutrientes que agem para o bom funcionamento do estômago, melhorando azias, má digestão, refluxo e dores de estômago. A canela-de-velho também tem ação anti-inflamatória e antimicrobiana.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *