Sobre o Dr. Hans Nieper e a Fosfoetanolamina

Por: Giseli Santos

Não é tão fácil falar sobre a substância FOSFOETANOLAMINA, como muitos imaginam.
A molécula foi isolada, pela primeira vez, em 1936, por EDGAR LAURENCE OUTHOUSE, na Universidade de Toronto, Canadá.

Passou a ser estudada, desde então e foi SINTETIZADA PELA PRIMEIRA VEZ pelo médico alemão NA DÉCADA DE 60, Hans Nieper (ou seja, há quase SESSENTA ANOS).

De lá para cá, não são poucos os cientistas que estudam essa substância. São muitos, NO MUNDO INTEIRO, alguns produzindo através de suas próprias rotas de sínteses, como fez o Professor Gilberto Chierice e Dr. Otaviano Mendonça, juntamente à sua Equipe.

Por isso e mais um pouco de leitura, pesquisa e estudos que não cabem neste POST, mas estão em toda a rede, é que afirmamos que não existe UMA síntese VERDADEIRA, UMA síntese que cura todos os tipos de câncer e apenas UMA síntese que funciona.

Existem VÁRIAS SÍNTESES à disposição, algumas muito boas que, inclusive auxiliam quem faz tratamentos convencionais, outras não tão boas assim e, algumas, BEM RUINS e até mesmo TÓXICAS.
Portanto, cuidado.

Se tem interesse em conhecer as sínteses disponíveis, as mais confiáveis e as que são TÓXICAS, acesse o grupo de apoio a pacientes oncológicos no Facebook, “E Seu Direito Saber, É Seu Direito Escolher” em https://www.facebook.com/groups/seudireitosaber/ e veja os RELATOS, EXAMES e OPINIÕES dos pacientes do grupo sobre cada uma delas.

Já há ESTUDOS E EVIDÊNCIAS INDICANDO que a fosfoetanolamina auxilia a tratar DIVERSAS PATOLOGIAS CRÔNICAS e não “apenas o câncer”

O câncer e outras patologias crônicas não são uma brincadeira e, menos ainda, “negócio” ou “fonte de renda” para àqueles que disseminam mentiras para atender interesses pessoais.

O câncer é UM CONJUNTO DE DOENÇAS e, por esse motivo, o tratamento deve ser realizado de FORMA MULTIDISCIPLINAR (vários profissionais e vários tratamentos agindo em harmonia buscando o mesmo objetivo).
O nome disso é RESPONSABILIDADE COM O PACIENTE, ainda que essa verdade doa (favor ler o artigo “Melhor a verdade que choca do que a mentira que mata, matéria do nosso blog em http://www.eseudireitosaber.com.br/…)

Vamos ler, estudar e pesquisar antes de sair reproduzindo a fala da ignorância?
Vamos AMPLIAR a visão e mostrar ao mundo que a substância FOSFOETANOLAMINA, presente em VÁRIAS SÍNTESES, funciona e muito bem, ao invés de continuar com essa retórica sem fundamento científico de que só há uma fosfo verdadeira em uma época de evolução científica em que CIENTISTAS DO MUNDO INTEIRO ESTUDAM E SINTETIZAM ESSA SUBSTÂNCIA há quase SESSENTA anos e várias estão sendo comercializadas com autorização das agências regulatórias dos Países em que são produzidas, laudo toxicológico, relatos e exames de eficácia e evidências comprovadas por exames (documentos) de casos de remissão?

Somos brasileiros, temos orgulho de nossa Equipe de Pesquisadores, mas não podemos ser hipócritas e compactuar com a mentira.

Não podemos nos apoderar do que é da ciência repetindo o mantra de que “só o MEU FUNCIONA”.

Que mentalidade pequena é essa? Que maldade e egoísmo tão prejudiciais aos pacientes são esses? De onde surgiu tão tacanha informação se os criadores da síntese brasileira, Dr. Gilberto Orivaldo Chierice e Dr. Otaviano Mendonça JAMAIS foram levianos em dizer isso?

A MENTIRA, O EGOÍSMO, A GANÂNCIA E O ORGULHO NÃO VÃO VENCER A FOSFOETANOLAMINA E MUITO MENOS O DIREITO DOS PACIENTES EM UTILIZÁ-LA E TEREM QUALIDADE DE VIDA!!!

Não é mentindo e escondendo informações das pessoas que conseguiremos a liberação da síntese brasileira como medicamento pelo SUS. Muito pelo contrário: apoiando sínteses que são EFICAZES e SEGURAS sejam lá de que marcas forem, ampliaremos o arcabouço de relatos e provas de que a substância funciona SIM e vamos, cada vez mais, abrindo caminhos para a síntese brasileira que é, na verdade, APENAS UMA DAS MUITAS QUE EXISTEM.

Por fim, se desejamos que os Pesquisadores brasileiros sejam respeitados, SEJAMOS EXEMPLO e respeitemos as pesquisas de outrem.

Para começar, conheçam o Dr. Hans Nieper, quem foi, sua contribuição para a medicina e, em relação a nossa causa, o tesouro chamado “síntese de fosfoetanolamina” que deixou para que O MUNDO INTEIRO pudesse se basear e desenvover sínteses melhores e cada vez mais puras e eficazes.

E que venham MAIS!!!

Ganham os PACIENTES devido às inovações que surgem, ganha a CIÊNCIA, ganha a FOSFOETANOLAMINA SINTÉTICA e ganha o bolso de quem precisa ter acesso rápido porque a CONCORRÊNCIA entre os fabricantes causa um EFEITO INEVITÁVEL: A QUEDA DE PREÇOS!!!

Quanto menos marcas, mais há abusos.
Quanto mais marcas, melhor para nós que teremos opções de escolha e condições de acesso.
E que bom que não existe apenas um José no mundo, não é mesmo?

Conheçam Hans Nieper, o médico alemão que iniciou tudo isso e deixou para o mundo a possibilidade de os cientistas fazerem, de sua obra, uma opção cada vez mais pura, segura e eficaz.
Afinal A CIÊNCIA EXISTE PARA MELHORAR O QUE JÁ É BOM E PARA PROMOVER AS EVOLUÇÕES E AJUSTES NECESSÁRIOS.

Colaboremos com a Ciência!
Colaboremos com a VIDA!

E, PRINCIPALMENTE, colaboremos com o sonho do Professor Gilberto e Equipe para que a síntese brasileira se torne medicamento mas, por favor, PELO CAMINHO DA VERDADE PORQUE SOMENTE ESSE SE PERPETUA.

Boa leitura e aproveitem porque o que salva não é nenhum tratamento mágico, mas sim, TODO O CONHECIMENTO que pudermos adquirir.

Até o próximo texto!!!

Dr. Hans Nieper

Dr. Hans Nieper nasceu em 23 de maio de 1928, em Hannover, Alemanha. Ambos os pais eram médicos. Seu bisavô foi o fundador do hospital mental em Ilten, perto de Hannover. Seu avô era um cirurgião bem conhecido em Goslar.

Dr. Nieper foi um ativo médico internista em Hannover e diretor de medicina do aclamado hospital Silbersee Paracelso. Os pacientes que procuram a sua ajuda vêm de todos os continentes, predominantemente América do Norte, Europa, África do Sul e Austrália. Internacionalmente, ele tornou-se um dos médicos mais conhecidos nas áreas de doenças cardíacas, esclerose múltipla, metabolismo mineral e eletrolítico, envelhecimento e na prevenção de doenças cardíacas.

Dr. Nieper estudou em Mainz, Friburgo e Neuchâtel entre 1946 e 1952. Ele completou os exames de doutoramento “Summa Cum Laude”, em Hamburgo, com a explicação da chamada sarcoidose de Boeck como uma doença auto-imune. Na época, em princípio tal doença ainda era considerada uma utopia fabricada – hoje uma é uma realidade reconhecida.

Nas décadas seguintes, o Dr. Nieper trabalhou em vários institutos médicos e laboratórios de pesquisa do câncer, na Alemanha, incutindo nele a certeza de que a terapia do câncer praticada até então (tratamento do câncer com substâncias venenosas citostáticas) estava predominantemente no caminho errado. Como um internista, ele se envolveu na investigação científica de questões importantes no campo da imunologia e, juntamente com um químico alemão muito conhecido, Dr. Franz Choler, ele descobriu e desenvolveu vários curativos novos na área de saúde, que mais tarde criou as bases para a sua fama mundial.

Os desenvolvimentos do Dr. Nieper incluem os “transportadores minerais”, Aspartatos, Orotatos, Arginatos e 2-AEP.

Dr. Nieper tornou-se o descobridor do único produto oficialmente declarado na Alemanha como medicamento contra a esclerose múltipla.

Por volta do fim de 1960, Dr. Nieper foi para Aschaffenburg, para o laboratório do cardiologista de renome, Professor Kj. Blumberger, onde ele começou a introduzir aspartatos de potássio e magnésio na terapia cardíaca.

Por causa de seu extenso estudo de métodos não-tóxicos para o tratamento a longo prazo do câncer, ele se tornou uma testemunha chave de poderosas organizações americanas de direitos civis, opostas à medicina “ortodoxa” tóxica e da terapia regulada pelo governo. Por esta razão, os seguidores do Dr. Nieper nos países de língua Inglesa, é contado na casa dos milhões, e sua influência em todos os campos é bastante acentuada. Ele tem uma estreita amizade com um grande número de cientistas e artistas de renome, incluindo o pesquisador americano Dr. Dean Burk, discípulo do conhecido ganhador do duplo prêmio nobel de Berlim, Otto Warburg.

A introdução de rotina da terapia de selénio para a proteção do coração, a introdução do chamado “deshielding” ou terapia de desbloqueamento do câncer com enzimas do abacaxi e beta-caroteno, e os modernos “des-sodificação” de tumores cancerosos representam apenas uma fase das suas novas atividades clínicas práticas. Também a limpeza, à base de enzimas, das artérias coronárias e das artérias das pernas é bastante notável. No ano de 1971, o Dr. Nieper, como resultado de suas próprias investigações, introduziu rotineiramente o beta-caroteno para o tratamento e proteção contra o câncer. Na época, ele foi frequentemente ridicularizado, hoje este método é totalmente aceito na literatura científica do mundo como um dos métodos mais eficazes disponíveis.

Por volta de 1980, o Dr. Nieper chegou à conclusão científica de que uma defesa muito eficaz contra o câncer, pelo próprio organismo, deveria ser explicada em termos de “reparação do gene”, e não como uma defesa imunológica apenas. Logo depois, substâncias de reparação dos genes anti-câncer foram encontrados no homem, bem como em outras espécies, tais como em plantas e insectos. Isto tem provado ser uma virada decisiva na luta contra o câncer.

Já em 1946, o Dr. Nieper tornou-se crítico de certos aspectos das teorias predominantes na física. Em 1953, ele desenvolveu a chamada teoria de blindagem de efeitos gravitacionais, e reintroduziu o éter, “abolido” por Einstein. Em 1970, com a ajuda de amigos americanos, como a Fundação McNaughton de San Francisco, o fundador da AMPEX, A.M. Pontiatoff, e do Centro do Cérebro Telluron, em Santa Monica, ele ainda desenvolveu suas idéias sobre a gravidade. Por causa de seus resultados, em 1973, ele foi apresentado ao Senado dos EUA. Não havia mais progressos em 1977, depois de uma sessão na NASA-AMES em Moffett Field, na Califórnia, entre cientistas de renome, incluindo o Dr. Arthur D. Alexander. Lá o Dr. Nieper concebeu a chamada teoria almofada perisolar do campo Tachyon. (Explicação completa na Revolução do Dr. Nieper em Medicina, Tecnologia e Sociedade, um livro de 384 páginas que está disponível em inglês, alemão e francês, onde trata os avanços no conhecimento de hoje em vários campos, tais como a conversão da Energia do Campo Gravitacional e explica a relação indissolúvel entre a energia celular do corpo e a nossa própria saúde pessoal.)

No geral, Dr. Nieper publicou cerca de 360 artigos e ensaios e detém 131 patentes internacionais.

Dr. Nieper é agora o Presidente Honorário da Associação Alemã de Energia do Campo Vácuo e Física, depois de fundar e presidir a Associação há 17 anos. Mais tarde, ele também co-fundou a Associação Americana de Energia dos Campos Gravitacionais. Estas são as primeiras associações do mundo dedicada à tecnologia de energia do espaço.

Na Alemanha, ele é o fundador e foi o primeiro presidente por 5 anos, da Sociedade Alemã de Oncologia. Esta sociedade do câncer biológicamente orientada, cresce tremendamente e é agora a maior sociedade de câncer em toda a Europa. Ele também é membro vitalício da Sociedade Alemã de Cientistas Naturais e médicos.

Nos EUA, o Dr. Nieper é um membro ativo da New York Academy of Sciences, da Associação Americana para o Avanço da Ciência, o American College of Nutrition e outras sociedades. Ele foi presidente honorário da Academia Internacional de Medicina Preventiva por dois anos e é também Diretor Honorário desta academia, juntamente com o duplo premiado com o Nobel, Linus Pauling e com o químico Roger Williams. Ele é, além disso, um membro honorário do Centro de Ciências da Fronteiras, da Universidade de Temple, Filadélfia.

No Canadá, ele é um membro da Associação Planetária para Energia Limpa.

Na França, ele é um membro da Société Agressologie, dirigido por seu amigo, Henri Laborit.

Dr. Nieper morreu durante o sono em 21 de Outubro de 1998. Embora esta seja uma grande perda para a comunidade global da área da saúde, ele deixou para trás uma riqueza de informações que será benéfica para as gerações vindouras.

Traduzido por Marden Carvalho do site Membrane Integrity Factor

Compartilhar:
error0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.